Grupo RBS

Império da Areia: a dragagem que mata o Jacuí

  • Logotipo RBS TV
  • Logotipo Rádio Gaúcha

Autores:

Fábio Almeida e Renata Colombo (repórteres)

O crime ambiental é um dos mais difíceis de se comprovar e punir. Os locais geralmente são isolados, os criminosos costumam esconder-se atrás de atividades legais e a fiscalização é precária.

Mas uma série de reportagens da Rádio Gaúcha e da RBS TV conseguiu desvendar o que estava por trás de mudanças drásticas na paisagem do Rio Jacuí. Pela primeira vez em anos, o apelo de moradores e frequentadores da região não apenas foi ouvido, mas traduzido em investigação.

Pessoas da região perceberam que as praias simplesmente desapareceram. Fábio Almeida - RBS TV

A partir das denúncias que chegaram via redes sociais, os repórteres do Grupo RBS investiram seis meses na busca e apuração das informações. As fontes eram muitas, os dados nem sempre eram claros, mas alguma coisa estava errada.

As descobertas eram impressionantes: empresas com autorização para dragar areia do Rio Jacuí em determinadas áreas estavam avançando sobre partes proibidas e causando o desaparecimento de mais de 100 praias ao longo dos 180 quilômetros navegados e mapeados pelos nossos profissionais.

Depredação Rio Jacuí Depredação Rio Jacuí
Começamos com indícios e conseguimos provar o crime ambiental. Renata Colombo - Rádio Gaúcha

Além de terem feito dezenas de entrevistas com moradores, especialistas e representantes de órgãos públicos, os repórteres passaram noites em claro no rio usando equipamentos de alta tecnologia para comprovar os flagrantes. Foi um trabalho pioneiro com os mesmos recursos usados pelo Greenpeace em suas abordagens em alto-mar. Nenhuma investigação anterior sobre esse tema foi tão criteriosa em amarrar todos os pontos e provar cada acusação.

  • 8 meses de apuração
  • 4 meses de incursões
  • Mais de 20 horas de gravações
  • Mais de 20 entrevistas
  • 180 km de margem percorridos e mapeados
  • Estudo de documentos
  • Uso de equipamentos especiais de batimetria e georreferenciamento

A partir desta reportagem:

Resultados

  • Proibição de emissão e de renovação de licenças de dragagem sem fiscalização.
  • Criação de grupo de trabalho do Ministério Público e da Secretaria Estadual do Meio Ambiente.
  • Instauração de comissão na Assembléia Legislativa para averiguar o caso.
0 pessoas presas
0 flagrantes provados

O nosso papel é este: promover a reflexão das pessoas. Fábio Almeida - RBS TV

O Grupo RBS acredita que informar é transformar.

A história sobre a extração ilegal de areia do Rio Jacuí deu voz a quem não estava sendo ouvido e provocou uma ação mais firme de diversas esferas do poder público.

E você? De que forma pretende fazer a diferença?

Sugira uma pauta

Fechar

Nosso papel é contar histórias que sejam relevantes para você. Deixe aqui sua sugestão e colabore para a transformação da realidade.

Mensagem enviada com sucesso

Ops. Ocorreu um problema ao tentar enviar sua mensagem. Tente novamente mais tarde ou contate o administrador