Grupo RBS

Os arquivos
secretos do Coronel
do DOI-CODI

  • Logotipo Zero Hora

Autores:

José Luis Costa, Marcelo Perrone, Humberto Trezzi e Nilson Mariano (repórteres)

O desaparecimento do deputado federal Rubens Paiva na década de 1970 e a explosão do Riocentro na década de 1980 foram dois dos episódios mais sombrios da ditadura militar brasileira. As versões oficiais desses eventos nunca convenceram totalmente a sociedade, mas também não foram desmentidas apropriadamente. Até um repórter de Zero Hora receber um telefonema nos primeiros dias de novembro de 2012.

Me avisaram: acabaram de matar um coronel do Exército vizinho meu. José Luis Costa - Zero Hora

De fato, o coronel Julio Miguel Molinas Dias havia sido chefe do DOI-CODI no Rio de Janeiro nos anos 1980. Os repórteres de Zero Hora, sabendo disso, iniciaram um plantão de 20 dias junto à delegacia para tentar descobrir a real motivação do crime, que estava sendo tratado pela polícia apenas como um assalto. Até que um novo fato mudou os rumos da reportagem.

0 dias de plantão 20 dias de plantão Da esquerda para a direita:
Marcelo Perrone, José Luís Costa, Humberto Trezzi.

Ele tinha guardado pertences do deputado Rubens Paiva na casa dele. Humberto Trezzi - Zero Hora

Os repórteres de Zero Hora tiveram acesso a documentos e objetos que comprovaram a responsabilidade do Exército Brasileiro no desaparecimento e na morte do ex-deputado federal Rubens Paiva. Os achados também indicavam que o atentado do Riocentro havia sido uma farsa montada com o objetivo de incriminar os movimentos sociais de resistência.

Documentos comprobatórios da morte de Rubens Paiva
O combinado era que só poderia ler e copiar, sem fotografar. Eu levei uma agenda antiga e copiei cerca de 200 páginas. José Luis Costa - Zero Hora

Os jornalistas de Zero Hora apuraram e contextualizaram a descoberta, repassando meticulosamente mais de três décadas de história à luz dos documentos e objetos a que tiveram acesso.

O trabalho ganhou destaque nacional e teve enorme repercussão, inspirando outras reportagens Brasil afora sobre Ditadura e Direitos Humanos. Além de colaborar com a Comissão da Verdade, "Os Arquivos Secretos do Coronel do DOI-CODI" foi a reportagem vencedora da 58ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo, principal reconhecimento jornalístico do país.

Quem matou Rubens Paiva? Agora a gente sabe. Humberto Trezzi - Zero Hora

O Grupo RBS acredita que informar é transformar.

O trabalho incansável de investigação dos jornalistas de Zero Hora ajudou a reescrever a história do nosso país.

E você? De que forma pretende fazer a diferença?

Sugira uma pauta

Fechar

Nosso papel é contar histórias que sejam relevantes para você. Deixe aqui sua sugestão e colabore para a transformação da realidade.

Mensagem enviada com sucesso

Ops. Ocorreu um problema ao tentar enviar sua mensagem. Tente novamente mais tarde ou contate o administrador